Chás que auxiliam no tratamento de problemas da menopausa 

Chá de feno grego

A principais substâncias ativa do feno grego é a trigonellina, além de conter flavonoides, minerais como magnésio, potássio, cálcio e ferro e vitaminas A, D, C e do complexo B, além de fibras e proteínas. Sendo considerado um redutor dos níveis de glicose, a sua ação antioxidante, impede danos causados por radicais livres. E seu uso ajuda a reduzir o desconforto do período menstrual e minimizar os sintomas da menopausa, e estimula a produção de testosterona, melorado o desempen sexual. Também é usada para tratar anemia, celulite, problemas no desenvolvimento infantil, gastrite, inflamações, intestino preso, furúnculos, caspa, queda de cabelos, aumentar a energia corporal, aumentar a massa muscular, reduzir gordura corporal. ... Ver mais »

Chá de passiflora (flor do Maracujá)

A Passiflora tem na sua composição passiflorina, flavonoides, C-glicosídeos e alcaloides, com propriedades sedativa, calmante, sonífera e hipnótica, sendo por isso útil no tratamento da ansiedade, tensão nervosa, insônia e dificuldade de concentração. Alguns estudos mostram que a passiflora pode tratar sintomas da menopausa, como sinais vasomotores (ondas de calor e suores noturnos), insônia, depressão, raiva, dores de cabeça, e pode ser uma ótima alternativa à terapia hormonal convencional. ... Ver mais »

Chá de Ruibarbo

O Ruibarbo, é rico em antioxidantes, vitamina A, C, luteína, potássio, Selénio e colina, fito esteróis, as suas propriedades, podem ajudar a melhorar a saúde ocular, por ter substâncias protetoras da macula ocular, favorece o sistema auto imune, reduz ondas de calor(menopausa), ajudam a melhorar a memória, e a prevenir doenças neurodegenerativas, como alzheimer ou demência senil. Podemos ainda contar com seu poderoso efeito estimulante e digestivo, utilizado principalmente no tratamento da prisão de ventre, devido à sua composição rica em senosídeos, que proporcionam um efeito laxante. Seu teor calórico é muito baixo, e também auxilia na prevenção do câncer.


Cuidados:
O ruibarbo é contraindicado para pessoas com hipersensibilidade a esta planta, em crianças e mulheres grávidas, pois pode causar aborto, em mulheres durante o período menstrual, em bebês ou em pessoas com problemas renais. ... Ver mais »

Chá de erva doce

Esta planta tem capacidade de reduzir os efeitos da fermentação dos alimentos no intestino, Isto porque o anetol presente na erva doce aumenta a competência digestória, por isso pode ser
usada para aliviar o desconforto causado pelo aumento destes gases no intestino. A erva-doce
também é indicada em alguns casos para reduzir os níveis de açúcar no sangue e diminuir as ondas de calor, que são comuns durante a menopausa. ... Ver mais »

Chá de folha de amora

O chá de amora é feito com as folhas de amora e é utilizado como um potente antioxidante e como coadjuvante nos tratamentos de gastrite, inflamações de boca e garganta, alívio dos sintomas de tensão pré-menstrual e da menopausa e diarreia. é rica em nutrientes como vitaminas A, C, E, K e vitaminas do complexo B, potássio, cálcio, magnésio, ferro, manganês, leveduras, flavonoides, fibras e substâncias antioxidantes. A ação sobre a redução dos sintomas da menopausa está relacionada aos fitormônios também presentes nas folhas de amora.

Cuidados:
Deve ser evitado por pessoas com baixo nível de açúcar no sangue (hipoglicemia), e por pessoas com distúrbios do fígado e mulheres grávidas.
Diabéticos em tratamento devem não devem tomar o chá, pois, ele pode ter reações com a medicação e causar hipoglicemia. ... Ver mais »

Chá de Espinheira Santa

Tem atividade cicatrizante sobre a mucosa do estômago . tem propriedades anticancerígenas, melhora a digestão e a distensão abdominal, gases e dores, esofagite de refluxo e hérnia de hiato e
ajuda a equilibrar o estrogénio durante a menopausa. ... Ver mais »